Marli Pó

Marli Pó

sexta-feira, 20 de abril de 2018

1º PIC NIC Azul para conscientização do autismo no ABCD reúne 200 pessoas em São Bernardo​ Dia ensolarado e com muita gente disposta em ajudar! Logo na chegada, pudemos observar a alegria e o envolvimento das mães e de seus familiares e amigos, começando a tomar forma no Parque Chácara Silvestre em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. O lindo espaço verde, começou a ter vários tons de azul por todos os lados. 14 de Abril, foi o dia escolhido para o 1º PIC NIC Azul, buscando socializar e realizar a conscientização mundial sobre o AUTISMO. A iniciativa foi do @Projetoestimular, representado por Daniela Melo, mãe de Miguel, 5 anos e de Kelly Portugal, mãe de Henrique, de 8 anos do insta @mamaedeumanjoazul, ambos autistas. "Esse pic nic foi a idealização de um sonho antigo. Ter a chance de dividir experiências e emoções ao lado de outras famílias com seus anjos azuis foi gratificante e muito especial." Comentaram as duas. Cerca de 200 mães e pais se engajaram para que o evento fosse um sucesso. Magali e Hélio Umezu, pais de Théo , de 4 anos, por exemplo, fizeram um painel para fotos e as lembrancinhas; além de outras mães e colaboradoras, cada uma com seu talento, todas quiseram se unir, levando algo de comer e de beber. Mães e várias colaboradoras, unidas, começaram a dar forma ao lugar, uma mesa linda, com toalhas xadrez azul, no estilo pic-nic, que teve até uma cesta para enfeitar, se sobressaiu em meio às árvores que ali existem. Logo se viu um lugar totalmente tomado por várias famílias e crianças se divertindo e interagindo. Um Super Herói e uma Dra Cidadã, também estiveram presentes, Capitão América (André Borges), que pôde interagir e realçar o olhar de cada um que se aproximou dele, a Turma do Chaves e a Arlequina, A Dra. Flamintelle arrasou com seu look de maquiagem Rosa, com cílios que pareciam borboletas voando,e seu sapato fashion, encantaram as crianças. Terapeutas da Aptos-TO deram um suporte para as crianças e familiares durante o evento. Eles interagiram e fotografaram com todos. De repente, surge um dinossauro no meio do parque e leva as crianças ao delírio. oi realmente uma aventura digna de um parque da Disney em terras são-bernardenses, uma tarde realmente deliciosa. Como se não bastasse tudo isso, no mesmo horário havia um evento com os índios no parque, eles vieram dançar a partir de onde estavam as crianças, foi realmente um presente. Claudia, mãe de Caio de 7 anos, aproveitou o evento e comemorou o aniversário do filho. Ela levou um bolo e algumas lembrancinhas e cantou um parabéns com amigos especiais como ele. “Não poderia ter feito a festa dele em melhor lugar e melhor companhia como a de familiares e crianças que vivem como nós.” Relatou com alegria a mãe. Lembrancinhas sensoriais, bolas personalizadas, bolinhas de sabão, algodão doce, cupcakes, pipocas, chocolates,doces e salgados, kits de higiene bucal, livros,jogo da memória feito pela Kathiane @autismodeprimeiraviagem e até sessões de podologia, foram distribuídos entre todos que ali estavam. Muitos sorteios e brindes para as mamães, e também desfilou por alí uma linda cadela da raça Golden Retriever, usada como terapia, apareceu para abrilhantar ainda mais , onde interagiu com todos e fez muitas fotos. Conscientizar e estar unindo forças, é o real foco dessas mães que a cada dia trocam experiências e se ajudam para tornar o dia a dia de seus filhos o mais sociável possível. O apoio para o evento veio do vereador Rafael Demarchi, que colaborou na liberação do parque e também colaborou com o som e com alguns brinquedos; a Tia delícias que organizou e enfeitou as mesas, Marcia- Algodão Doce, Iris Mendes – Carrinho de pipocas, Maquina de bolinhas de sabão – Degeane Monteiro e GB serviços Especiais, pães - Empório Marcon, Massinha sensorial - Pro Ink Informática, bombons OAB - SBC Comissão de Ação Social, bebidas Thiago Portugal e Neusa Duarte, kits de higiene bucal - Dra. Elis Furlan do Instituto Idea, Podologia – Aurea Silva, Aptos-to- Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Super Herói e Turma do Chaves – André Borges e Equipe,Dinossauro (Thiago da Aptos-TO), sem contar com as voluntárias que estiveram ali anonimamente. O sentimento de amor e de união esteve estampado no rosto de cada um e dito por todas as mães sem exceção : ”_Nunca vi meu filho se divertir tanto como hoje!!” Comentaram todas, com semblante de realização!!! Fotos: Felipe Megiolaro e Layanni Roberta ​

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Várias ações em todo o Brasil aconteceram em várias cidades. A Semana de Prevenção e Conscientização da leishmaniose sancionada pela presidente Dilma em 2012, continua a todo vapor. A campanha #DigaNãoàLeishmaniose continua por 365 dias incessantemente. #leishmaniose é a segunda doença que mais mata no mundo, depois da malária. A leishmaniose é silenciosa e vários humanos tem sido levados à óbito por esse motivo. Pacientes com doenças crônicas, principalmente idosos e crianças e em locais de periferia, onde não há saneamento básico. Façamos a nossa parte com louvor!!! :)
Mais de uma década de Campanha Diga Não à Leishmaniose. Doze anos se passaram e neste tempo a assessora de imprensa Marli Pó, idealizadora e coordenadora da campanha fala sobre todos os acontecimentos e sobre as vidas que foram salvas, conscientizadas e prevenidas contra a leishmaniose. "Fico feliz em poder comemorar 12 anos de campanha, o legado, o memorial foi deixado e vidas foram salvas, pessoas de todo o país foram alcançadas e conscientizadas; isso é o melhor e o mais recompensador de tudo”, comemora Marli. Ela conta que se lembra como se fosse hoje quando o telefone de casa tocou e Clodovil, com quem trabalhava na época, dava a notícia sobre seus cães e da necessidade do Otelo ser investigado sobre uma doença que nunca havia escutado falar. “Infelizmente, ainda hoje, ela é pouco divulgada e é tratada sem muita seriedade. Os números assustam mais a cada dia já que a leishmaniose em algumas regiões do Brasil tem matado mais que a dengue, esse fato é muito sério, independente do nível social ou cultural da pessoa, ela não sabe o que tem ou o que seu cachorro tem, então fica vagando. Poucas pessoas em todo esse tempo sabiam que os sintomas que sentiam vinham da leishmaniose; muitas ainda não sabem, desconhecem a doença!!", afirma Marli. Muito já se fez para a conscientização da doença. Marli é convidada constantemente por entidades e ONGS e faz questão de participar de todos de acordo com sua disponibilidade, assim, já participou de vários eventos. Tudo o que faz, inclusive a divulgação na internet, tem a intenção de conscientizar o maior número de pessoas. “O blog foi criado em 2009, passei a me empenhar na divulgação em 2011 e tinha cerca de três mil acessos, hoje o blog recebe mais de 175 mil acessos. Além do blog temos um site com informações mais detalhadas e com a divulgação de trabalhos realizados com pessoas que nos apoiam por acreditarem na real intenção da campanha que é SALVAR VIDAS!”, explica Marli. Além de vários artistas que apoiam a campanha, como Clodovil Hernandes e Hebe Camargo já falecidos; Moacir Franco, Dani Franco, Samantha Dalsoglio, o ator Nico Puig e o grafiteiro Crânio, entidades como a OAB e a Rotary Club também abraçaram a causa e apoiam a campanha com espaços para palestras e eventos de conscientização em seu calendário anual. Muitos veterinários e Pet Centers também tem colocado a disposição seus espaços e convidado a campanha para eventos. “Hoje podemos dizer que passamos por grandes impedimentos e por vários "nãos", mas enquanto houver alguém que nos ajude e pare para prestar a atenção à gravidade do tema, nós estaremos conscientizando e prevenindo, e assim ajudando a salvar mais pessoas, faça chuva ou faça sol!”, garante Marli. Movimento Diga Não à Leishmaniose o Cão Não é o vilão, foi criado especificamente para que protetores e pessoas de todo o Brasil pudessem apoiar a causa fazendo a divulgação da campanha em sua cidade. Marli menciona: "Fizemos uma cãominhada no dia 20 de maio de 2012 em todo o Brasil, foi muito legal! Encontros também foram feitos em São Paulo, um deles na FUNCADI, que nos cedeu espaço e também apoiou a causa”. Precisamos repetir mais vezes e em varias outras cidades e países. #UNIDOSSOMOSMUITOMAISFORTES Mesmo com a liberação do tratamento com o medicamento para cães, nossa ação continua e ainda mais forte, pois conscientizar e prevenir vem antes de tratar. Precisamos informar e tratar as pessoas para que elas façam a sua parte individualmente. O processo é bem longo é lento, mas façamos a nossa parte. Hoje com as redes sociais, podemos atingir um número de pessoas muito rápido. E nosso real foco é em salvar vidas, não só dos cães, que já tem muitos métodos preventivos, mas as vidas humanas, que todos os dias morrem por falta de recursos, atendimento e principalmente informação correta e precisa.. "Temos um material prontinho, precisamos nomear embaixadores em todo o Brasil que sejam responsáveis por informar as pessoas e as prevenir como tenho feito. Isso seria perfeito, assim, poderíamos atingir um número maior de pessoas e salvaríamos mais vidas. Porém, esse processo de escolha dos embaixadores exige um bom histórico da pessoa, já que todos devem estar muito bem intencionados e com o mesmo compromisso e propósito”, finaliza. #diganaoaleishmaniose @diganaoaleishmaniose em todas as redes sociais

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Dia 8 de maio de 2017 - O Chamado de Jesus de Sra Young por Marli Pó - #Devocional

Não anseie pela falta de dificuldades. Esse é um objetivo ilusório, já que neste mundo você sempre encontrará problemas. Há toda uma eternidade sem obstáculos reservada para você no paraíso. Deleite-se nesta herança à qual você tem direito, mas não busque um paraíso na terra. Ao acordar, pense em suas aflições e peça-me que lhe dê condições de enfrentar as dificuldades que aparecerem. Sua melhor arma é a minha presença, a mão que nunca solta a sua. Discuta todas as coisas comigo. Veja o problema com leveza, como um desafio que você e eu, juntos, podemos contornar. Lembre-se de que estou ao seu lado e que eu venci o mundo. (João 16:33; Isaias 41:13; Filipenses 4:13) do Livro "O chamado de Jesus", Sara Young.

O Chamado de Jesus - de Sara Young por Marli Pó

Deus tem falado muito comigo e através deste livro, por isso resolvi dividir os devocionais e os recados que #SaraYoung escreve para edificar nossas vidas. Divido com vocês e saibam um pouco mais sobre a vida dessa dedicada missionária, que continua, junto ao seu marido e seus filhos, a ouvir e seguir os propósitos de Deus para a sua vida!! Uma postagem nova a cada dia, aprecie e compartilhe!!
O Chamado de Jesus, escrito pela best-seller Sarah Young e lançado por aqui pela Thomas Nelson Brasil, convida o leitor para um relacionamento mais profundo com o Senhor Em O Chamado de Jesus, Sarah Young registra as 365 mensagens – uma mensagem para cada dia do ano – de paz, gratidão e fé que recebeu do céu durante momentos individuais de meditação. A obra, que é um dos livros cristãos mais vendidos da história – com mais de 17 milhões de cópias – apresenta uma resposta para encontrar a tranquilidade, e passar pelos momentos conturbados da vida. Compre O Chamado de Jesus aqui. Nas páginas, a autora remonta uma narrativa como se o próprio Jesus estivesse falando com o leitor, conversando sobre a busca que as pessoas fazem pela paz, de uma forma mais profunda e real – e principalmente nos momentos mais difíceis e inquietantes das vidas delas. E é nesse momento que ouvir a voz de Deus se torna uma necessidade íntima das almas de todos. Assim como também foi o anseio pessoal da autora. “Certa noite, me vi deixando o calor do nosso confortável chalé para caminhar sozinha nas montanhas nevadas. Entrei numa região de mata fechada, sentindo-me vulnerável e admirada pela beleza da paisagem fria banhada pelo luar. O ar era pesado e seco, difícil de respirar. De repente, tive a sensação de que uma névoa quente me envolvia. Perce­bi uma adorável presença e sussurrei: “Querido Jesus.” Essa expressão era totalmente incomum para mim, por isso me surpreendi ao falar de Jesus com tamanha ternura.” (p.06) Distribuído entre os 12 meses do ano, Young registra como foi a busca pessoal e diária por Deus, e o seu direcionamento por meio da palavra. A obra mostra como ela foi confortada diariamente pela doce voz de Cristo, que convida a todos para “depositar a seus pés as preocupações e encontrar nele descanso para sua alma”. O Chamado de Jesus demonstra como é possível mudar o pensamento sobre a oração. Baseados nas próprias palavras de Jesus, com mensagens de esperança, orientação e paz, o livro ensina olhar à frente do tempo com o Senhor, e convida o leitor a experimentar um relacionamento mais profundo com Jesus. Sobre a autora: Os textos de Sarah Young nascem primeiro no coração dela, quando faz a sua própria leitura da Bíblia e tem seu tempo de oração com Deus. Foi assim que ela escreveu todos os seus livros, inclusive O chamado de Jesus, que já vendeu mais de 16 milhões de cópias no mundo. Sarah e seu marido, o pastor Stephen, trabalharam como missionários no Japão e na Austrália, compartilhando o amor de Deus durante muitos anos. O casal é pai de dois filhos e hoje nos Estados Unidos.